Sebrae lança programa Capital Empreendedor 2021 em maio: inscrições estão abertas.

Evento gratuito trará expectativa de investidores para 2021 e apresentará caso de participante que recebeu mais de R$ 1 milhão em investimento

No próximo dia 11 de maio, o Sebrae lançará o ciclo 2021 do projeto Capital Empreendedor. O lançamento será em evento online, com transmissão ao vivo e gratuita para todos, a partir das 16h. O Capital Empreendedor é uma iniciativa da instituição focada em orientar e capacitar startups e negócios inovadores para se aproximarem e negociarem com investidores de risco. O programa é dividido em diversas etapas, permitindo aos participantes entender a dinâmica do investimento de risco, ampliar seu networking, identificar o modelo de investimento mais adequado para o momento de sua startup, se aproximar e negociar com investidores de todos os estágios do capital. As inscrições para o lançamento estão abertas e podem ser feitas aqui.

O evento contará participação do presidente do Sebrae, Carlos Melles, e do gerente de Capitalização e Serviços do Sebrae, Márcio Augusto. Na sequência, a CEO da startupLilu Serviços Pet, Aline Lefol, vai contar como foi a sua experiência com o Capital Empreendedor e como o programa alavancou os números da empresa. Em seguida, investidores convidados irão bater um paposobre as expectativas para o investimento earlystage em startups, com a moderação da analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae Maria Auxiliadora. Neste painel estarão presentes os seguintes investidores: Franco Pontillo, da Domo Invest; João Kepler, da Bossa Nova Investimentos; Orlando Cintra, da BR Angels e Pedro Carneiro, da Ace.

Maria Auxiliadora chama atenção para o potencial de transformação proporcionado pelo programa. “Nós temos casos de empreendedores que triplicaram suas receitas, após a participação no programa. Eu costumo dizer que o Capital Empreendedor é uma rede de relacionamento para empresas. Nós conectamos empresas inovadoras com investidores e o mercado. Muitas vezes os empreendedores não sabem por onde começar, com quem falar, o que fazer. Por meio do Capital Empreendedor, ajudamos a sanar algumas dessas questões. Ele sai com a segurança do que fazer e como fazer. O foco do Sebrae é fazer alianças positivas entre empreendedores e investidores”, afirma.

De acordo com a analista, a diversidade de startups interessadas em participar do Capital Empreendedor vem aumentando. “É interessante observar que estamos atraindo startups de estados com ambientes de negócios menos robustos. O programa se revela um ponto de conexão importante que contribui para desenvolver e escalar as empresas por meio dos investimentos que recebem”, diz.

Efeitos do Capital Empreendedor

A ENGAGE for Business é um dos cases de sucesso do Capital Empreendedor. Seu idealizador, Raphael Saddy, havia recém saído de uma pós-graduação em Negócios Digitais pelo MIT quando decidiu se inscrever no programa. “Entramos no Capital Empreendedor ainda na fase de ideação, nos preparamos e absorvemos todo conteúdo oferecido pelo Sebrae. Nosso pitch e plano de negócios ficaram melhores e conversamos com muitos investidores. Com isso, fechamos um investimento de R$700 mil por 7% da empresa ainda em fase pré-operacional, mostrando que conseguimos demonstrar bem o potencial do nosso modelo aos investidores. O resultado foi excelente e, se não fosse pelo Capital Empreendedor não, teríamos conseguido nos posicionar tão bem no mercado brasileiro”, relembra Saddy.

Usando inteligência artificial, a ENGAGE for Business é uma plataforma digital do tipo marketplace para a contratação de fornecedores de serviços profissionais de alta complexidade. Ou seja, a ferramenta possibilita a conexão de empresas demandantes com fornecedores qualificados de todo país de forma rápida, dinâmica e precisa. Empresas podem contratar serviços financeiros, jurídicos, engenharia, tecnologia da informação, marketing, consultoria, auditoria, gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *