Presidente da Fecomercio discute aumento de energia com setor produtivo.

O comércio vem sofrendocom  perdas históricas desde oinício da pandemia,pelo período de isolamentorígido sem circulaçãode Defesa do Consumidorde pessoas, pela quedaestarão promovendo nesta sexta- feira ,  uma audiência pública com o tema “A situação atual dos Serviçosfeitos para atender com energia elétrica no Cearáprotocolos de saúde.e o reajuste tarifário de 2022. Como se não bastasse os aumentos da Enel,” hoje, 28 de Abrilconsequências econômicasno auditório da Fecomércio,de uma crise sanitária com o objetivo de discutirprecedentes, quandoos impactos para osconsumidores e as emoresas.iniciamos uma retomada comcrescimento de 1% acima da média . Esse aumento abusivo nãomédia nacional, de acordose justifica diante da saídacom o IBGE, quando pareciada bandeira de escassezque estávamos diante de umahídrica, uma vez que estamosluz no fim do túnel, fomoscom a melhor reservaassombrados na última sexta-desde setembro de 2013,feira, 22 de abril, por maisum volume de 34,6% queuma noticia catastrófica, onos assegura a estabilidadeaumento de 24,85% na contahídrica no Ceará.de energia elétrica.Vamos deixar bem claro,Se os micro, pequenosnão podemos admitir quee médios empresárioso comerciante, que geraque constituem 90%emprego e renda para estedas empresas no Cearáestado, mais uma vez, juntoiá estavam lutando paracom os trabalhadores sejamsobreviver pós covid-19, agoraprejudicados e paguem mais a luz literalmente apagouesta conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *