BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO: PRIMEIRAS DAMAS HOMENAGEADAS.

Desde o inicio do Prêmio Boas Práticas de Gestão, que as primeiras damas do Estado começaram a ser observadas e a receberem um novo olhar, tendo  também seu trabalho reconhecido, diz a jornalista  Silvana Frota, idealizadora do  prêmio.   A primeira capa da revista dos Melhores Programas de Assistência Social em 1987 mostrou a 1a dama do Estado, Renata Jereissati valorizando o nosso artesanato e promovendo cursos de capacitação. Este ano, fizemos novamente homenagens a 1a dama do Estado , Onélia Leite   de   Santana, criadora do Programa Mais Infância Ceará,  que foi representada pela assistente social,  Regina Praciano, gerente da Célula  Proteção e Segurança Alimentar da SPS, que destacou as ações desenvolvidas  neste período, como o  aumento do número de crianças beneficiadas e do valor do benefício do Cartão Mais Infância , bem como, a implantação de outro  núcleo do Mais Nutrição, na região do Cariri e o projeto Vacinação Solidária que consiste na doação de 1 kg de alimento no momento da vacina. Já foram arrecadadas 40 toneladas de genêros que foram distribuidas na  própria cidade onde foi feita a doação.  A presidente da APDMCE, – Associação para o Desenvolvimento dos Municipios e Primeiras Damas, Sonia Fortaleza  Pinheiro, também foi homenageada e destacou pelo menos três ações da Associação que dirige :  a coordenação do Programa Vacinação Solidária,  lançada pela primeira dama do Estado. Só o seu município de Várzea de Alegre, arrecadou 3 toneladas. Destacou  ainda , a responsabilidade pela   execução do Selo UNICEF nos Estados do Ceará, Puaui e Rio Grande do Norte. O programa Tudo em Casa, que numa parceria com o SESC está dando oportunidade aos idosos de se exercitarem em casa, de modo virtua., e, finalmente, o Programa Vidas Preservadas, de prevenção ao  suicidio e depressão, em parceria com o Ministério Público , através dos CAPS, inclusive qualificando profissionaisSonia Fortaleza  parabenizou a jornalista Silvana Frota  por ter enxergado e dado uma grande  visibilidade  aos projetos de assistência social de forma inédita há 23 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *