ARNALDO SANTOS É O NOVO GESTOR DA TV ASSEMBLEIA.

Arnaldo Santos é o novo gestor da TV Assembleia e traz mudanças na sua programação.

No ano de 2021, a grade de programação da TV Assembleia (canal 31.1) do Estado do Ceará passa por algumas alterações. Uma das novidades é o retorno do Jornal Primeiro Expediente desde a última segunda-feira (15/02). A emissora conta também com novo gestor, o jornalista e cientista político Arnaldo Santos. Entre seus planos à frente da TV está a ampliação da interiorização do sinal da emissora e a aproximação entre sociedade e parlamento.

 Segundo Arnaldo Santos, atualmente o sinal está restrito à região metropolitana, bem como às regiões norte, em Sobral, e sul, no Cariri, do Estado. “Com as tecnologias que existem – ainda que, inicialmente, através de sinal fechado –, a gente vai tentar levar o sinal às 14 macrorregiões do estado. Há uma determinação do presidente, deputado Evandro Leitão (PDT), para que a televisão acompanhe passo a passo a atuação dos 46 deputados, e todos têm atuação nessas regiões”, explica.

A máxima aproximação entre sociedade e parlamento é outra meta a ser alcançada pelo gestor. Conforme Arnaldo Santos, a intenção é contemplar novos conteúdos que despertem interesse na sociedade e, sobretudo, empenhar-se para que a comunicação não seja unilateral, criando canais de participação da sociedade a fim de construir essa ponte entre povo e parlamento.

Nesses novos conteúdos, Arnaldo pretende informar à população sobre os serviços prestados pela AL à sociedade, como o Procon Assembleia, a Casa do Cidadão e o Departamento de Saúde e Assistência Social da AL (DSAS). “Mais do que apenas informar, a gente vai tentar mostrar para a população como se dá esse dia a dia e como ela pode dispor desses serviços. Ou seja, vamos mostrar como a Casa do Povo oferece ao povo o que ele necessita, sobretudo numa sociedade de desigualdades sociais e pobreza como a que nós temos”, ressalta.

O jornalista planeja ainda trazer de volta as participações ao vivo no Plenário – inclusive atuando ativamente como comentarista – e criar um programa-revista, com o intuito de trazer pautas diversas sobre a cidade de Fortaleza. Segundo Arnaldo Santos, o programa será ancorado por ele e contará com duas apresentadoras da TV Assembleia, além de participação virtual de especialistas com análises econômicas, políticas e sociais de múltiplos temas relativos à capital cearense.

PANDEMIA E SAÚDE

Visando sempre informar da melhor forma possível, Arnaldo comunicou que está buscando uma parceria, por meio de contratação terceirizada, para produção de conteúdos didáticos e campanhas institucionais com foco na pandemia, mas também em outros temas, como inclusão das minorias.

“Temos hoje no Estado um sem número de pessoas com doenças das mais raras e incapacitantes, demandando uma pressão muito grande do Poder Judiciário. E muitas dessas pessoas, como geralmente são humildes, dada essa desigualdade que nós temos, sequer conhecem esses direitos e esses serviços. Então entra a pandemia como grande foco de saúde, mas sem nos descurarmos de todas essas outras doenças que sabemos que acontecem”, comentou.

PRIMEIRO EXPEDIENTE

Após ter sua exibição interrompida em agosto de 2020 para a transmissão de videoaulas, o Jornal Primeiro Expediente retorna à programação da TV Assembleia em novo horário. Antes exibido às 8h20, o jornal agora passa a ser apresentado às 8h30.

A transmissão das aulas – que, no turno da manhã, aconteciam das 7h às 9h – permanecem, mas também sofrerão mudança de horário. Desde a última segunda-feira (15/02), as aulas passaram a ser exibidas meia hora mais cedo, das 6h30 às 8h30.

As videoaulas fazem parte do programa Vamos Aprender, resultado de parceria firmada entre TV Assembleia, Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), secção Ceará em agosto do ano passado. O projeto traz conteúdos educativos voltados para todos os segmentos da educação básica, do infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *